Estadão destaca programa do Sinaenco em defesa da manutenção do ambiente construído

Editorial do jornal publicado nesta quinta-feira (21 de março) cita levantamento da entidade sobre pontes e viadutos, para justificar a necessidade de programas de conservação das estruturas.  

Diz o jornal:

“Um estudo feito pelo Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco) já mostrou a situação preocupante em que se encontram os viadutos e pontes da capital. Em graus diferentes, constatou ele em 2017, todos exigiam algum tipo de intervenção imediata.

O engenheiro responsável pelo trabalho, Gilberto Antonio Giuzio, chamou a atenção na época para um dado importante da questão: a manutenção é uma providência que, além de necessária, redunda em grande economia para o Município. Segundo ele, “o custo de uma obra de recuperação emergencial pode ser 25 vezes maior que o de um trabalho preventivo”.

Leia aqui a íntegra do editorial.