19 setembro 2016

Ponte sobre o Rio Negro conecta Manaus a localidades vizinhas

O trecho central da ponte é mais elevado para permitir a passagem de navios de grande porte.

Com 3.595 metros de extensão, apoio central com 162 metros de altura e vão central de 55 metros de altura, a nova ponte sobre o rio Negro permite a ligação entre Manaus e as localidades de sua região metropolitana em apenas cinco minutos. Antes, o trajeto era feito por balsa e demorava entre 30 e 40 minutos.

O projeto executivo da obra foi desenvolvido pela Enescil e envolveu uma logística particular para atender às particularidades do local – profundidade de 50 metros e dificuldades para sondagem no leito do rio – e também à segurança para a navegação na área. O trecho central da ponte é mais elevado justamente para permitir a passagem de navios de grande porte.

A construção desse vão central foi viabilizada por meio de 52 aduelas de concreto, moldadas em fôrmas dispostas sobre balsas. Cada uma das aduelas içadas no vão de 400 metros de extensão pesa 255 toneladas, tem 22 metros de largura e 7 metros de comprimento. No total, a ponte tem 73 vãos, separados por 72 pilares distantes entre si 45 metros. A obra foi realizada pela Camargo Corrêa e durou quase quatro anos, ao custo de cerca de R$ 1 bilhão. O empreendimento foi uma iniciativa do governo do estado do Amazonas, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).