14 setembro 2016

Sesc Jundiaí: com vistas para a natureza

De autoria do escritório Teuba Arquitetura e Urbanismo, o projeto utiliza as características do terreno e de seu posicionamento para permitir a fruição dos espaços com vistas para a Serra do Japi. 

As arquitetas Christina de Castro Mello e Rita Alvez, do escritório Teuba Arquitetura e Urbanismo, de São Paulo, tinham pela frente três grandes desafios em 2004, para elaborar o projeto do Centro de Lazer da unidade Jundiaí-SP do Sesc (Serviço Social do Comércio). O primeiro deles era o de traduzir espacialmente o programa de atividades do Sesc para os cidadãos em geral e, em particular, para os trabalhadores do comércio e serviços, com atividades de lazer, integrando as  diferentes manifestações da cultura: os esportes, as artes, a leitura, a saúde, sem hierarquias e sem barreiras. “Um programa inovador, multifacetado, democrático e provocador de reflexões”, de acordo com as arquitetas.

Um segundo desafio era o de inserir a nova edificação na cidade, no terreno com características especiais: longo e estreito, junto ao rio Jundiaí e ao Jardim Botânico e entre pontos altos da cidade, o Paço Municipal, o Centro tradicional urbano e a Serra do Japi, que é uma área de preservação e um dos poucos remanescentes de Mata Atlântica no interior paulista. E, finalmente, o de “resgatar características da arquitetura moderna brasileira: a articulação de opostos, a leveza, a transparência dos espaços, sem segredos, a fluidez e a integração dos espaços internos e externos, desmanchando a noção das “caixas” construídas e, também, a incorporação de elementos da arquitetura tradicional brasileira com suas varandas, chão de cacos de cerâmica e tetos de ripados de madeira.

sescjundai4

A resposta a essas questões foi traduzida em uma edificação que se volta inteiramente para a Serra do Japi e que traduz o extenso programa em dois volumes – um horizontal, que perpassa todo o terreno, e o outro, um grande cilindro vertical azul, que se destaca no conjunto e na paisagem e é visível à distância. Na junção destes dois volumes um grande vazio central criou o espaço do encontro, dos múltiplos eventos vistos de vários pontos do edifício e com vistas para os ambientes da edificação, explicam as arquitetas.

O bloco horizontal está composto pelos estacionamentos e serviços em cota abaixo do pavimento térreo, porém com aberturas e jardins que possibilitam iluminação e ventilação natural; pelo pavimento térreo, com o grande hall de acesso tendo à direita o teatro e as respectivas áreas de apoio e, à esquerda, os vestiários das piscinas, o setor médico, os ambientes técnicos e o acesso às áreas de esporte externas. À frente do grande hall e no térreo do bloco vertical, ficam a biblioteca, a oficina

de tecnologia da informação, o espaço brincar, as áreas de ginástica e atividade física, vestiários esportivos e a clínica de odontologia. A cobertura do bloco horizontal foi concebida como um terraço com jardins e marquises também como área de estar, lazer, exposições, ginásticas e jogos com belas vistas do Jardim Botânico, da cidade e da Serra do Japi.


Ficha Técnica 

Obra: Sesc Jundiaí-SP
Área do terreno:15.030,00 m2
Área total construída: 19.752,92 m2
Projeto de Arquitetura: Teuba Arquitetura e Urbanismo; arquitetas Christina de Castro Mello e Rita Vaz
Arquitetura de interiores- Ambientação e desenho mobiliário fixo:
Teuba Arquitetura e Urbanismo

Projetos Complementares
Projeto Executivo de 2004 / 2008
Acessibilidade: Boldarini Arquitetura e Urbanismo
Acústica e conforto térmico: Daltrini Granado Arquitetura e Conforto Ambiental
Ar-condicionado: Thermoplan Engenharia Térmica
Áudio e Vídeo: AVM Áudio-Vídeo-Multimídia- Conceitos Design-Projetos
Cenotécnica: Espaço Cenográfico Projeto de Arquitetura Cênica
Cozinha: Precx Consultoria em Alimentação
Elétrica: PHE Engenharia de Projetos Hidráulicos e Elétricos
Elevadores: Empro Engenharia de Produção (tráfego e transporte vertical)
Esquadrias: SSG Consultores – Consultoria em Projetos de Esquadrias
Estacionamento: Michel Sola Consultoria e Engenharia
Estruturas de Concreto e Metálica: Kurkdjian Fruchtengarten Engenheiros Associados
Fundações: Consultrix Engenheiros Consultores Associados
Hidráulica: PHE Engenharia de Projetos Hidráulicos e Elétricos Impermeabilização: Proassp Assessoria e Projetos
Lógica: Marciano Engenharia Elétrica
Luminotécnica: Mingrone Iluminação, Consultoria e Projetos de Luminotécnica
Odontologia: Terra Arquitetura
Paisagismo: Rodolfo Geiser Paisagismo e Meio Ambiente
Irrigação: Acquagarden Sisthemas de Irrigação
Supervisão Predial: SI 2 Soluções Inteligentes Integradas
Maquete Eletrônica: K-Design Computação Gráfica
Maquete Física: Triviño Maquetes

Projeto executivo 2012
Acústica: Modal Acústica
Cenotécnica: j.c. serroni Criações Visuais
Comunicação Visual: Homem de Melo & Troia Design
Cozinha: Nucleora Projetos para Cozinhas Profissionais
Paisagismo áreas externas: Rodolfo Geiser Paisagismo e Meio Ambiente
Paisagismo áreas do edifício: arq. Bruno Carettoni – Buriti Paisagismo
Instalação lúdica do espaço brincar (ninho): Teuba Arquitetura e Urbanismo
Arquitetos: Christina Castro Mello e Davi Deusdara

Construção – 2008 a 2014
Construtora – Paulitec
Coordenação e Gerenciamento: Sesc-SP