Secretário detalha planos de investimento em infraestrutura na cidade de SP

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Fernando Chucre, participou do primeiro evento do Encontro de Lideranças promovido pelo Sinaenco/SP, na última terça-feira, 10 de dezembro. Para um público formado por representantes de empresas de arquitetura e engenharia consultiva, Chucre fez uma apresentação sobre os principais projetos da Secretaria.

Em destaque, melhorias em infraestrutura planejadas para a cidade a partir das Operações Urbanas e dos Projetos de Intervenção Urbana (PIU).

Em leilão promovido em 5 de dezembro, a Prefeitura vendeu 93 mil títulos Certificados de Potencial Construtivo (Cepacs) da Operação Urbana Consorciada Faria Lima, no valor de R$ 1,637 bilhão. Os recursos serão destinados exclusivamente para obras de infraestrutura, equipamentos públicos e em habitação de interesse social na região da operação, informou o Secretário.

Segundo Chucre, a cidade de São Paulo tem atualmente 13 projetos com alto potencial de captação de recursos para investimentos em infraestrutura, considerando sete Operações Urbanas que estão na Câmara para votação e os PIU com possibilidade de implantação a partir de 2020, entre eles, o da região Central, o do Jóquei e o do Arco Tietê.

Oportunidades para a A&EC

Questionado pelo VP do Sinaenco/SP, Eduardo Nardelli, sobre como o setor de consultoria poderia participar desses investimentos, o Secretário afirmou que há perspectiva de contratações de gerenciamento e projetos. A estimativa, segundo Chucre, é de que sejam aplicados, no mínimo, cerca de R$ 3,5 bilhões em obras de infraestrutura em 2020, que devem demandar esses serviços. Além dessas obras, oportunidades devem surgir para o setor vinculadas aos empreendimentos das Operações Urbanas.

O presidente do Sinaenco/SP, Fernando Jardim Mentone, ressaltou a importância de que as contratações sejam feitas com prazo suficiente para o detalhamento dos projetos e que se priorize modalidades de seleção que valorizem a qualidade técnica das propostas.