Manifesto em defesa de eleições virtuais para o Sistema Confea/Crea e Mútua

Em nome do Sinaenco e na qualidade de Engenheiro Civil, parabenizo o Tribunal Regional Federal da 3ª Região – São Paulo, pela sentença favorável à realização de Eleições Virtuais para a Presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de SP (Crea-SP), Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e Mútua (Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea) no estado de São Paulo.

As tecnologias disponíveis garantem plenas condições para a realização das eleições eletrônicas de forma ágil, segura e confiável, conforme demonstram as experiências de outros conselhos profissionais e entidades relacionados à engenharia, à arquitetura, meio ambiente etc., que há anos já adotam o processo digital.

Além de ir ao encontro do respeito às atuais medidas de isolamento social, impostas pela situação de pandemia da COVID-19, a adoção da votação virtual é uma demanda antiga e crescente entre os profissionais da engenharia, que enxergam na modernização do pleito uma oportunidade para o exercício pleno e democrático do processo de escolha dos seus representantes, com a possibilidade de ampliação significativa do percentual de participação dos eleitores e, consequentemente, da representatividade dos conselhos.

O irrisório percentual de participação dos eleitores nos últimos pleitos é, no mínimo, a prova do fracasso no planejamento e na execução do processo eleitoral e o retrato do distanciamento abismal entre o Sistema Confea/Crea e os profissionais do setor.

As eleições estão agendadas para o próximo dia 15 de julho e precisamos nos unir e nos manifestar para fazer com que a decisão da 3ª Região torne-se exemplo e seja seguida pelas demais regiões do judiciário federal.

Engenharia é planejar para fazer direito. Está na hora de colocarmos em prática essa máxima, para que, enfim, tenhamos eleições pela Internet para o Sistema Confea/Crea e Mútua em todo o Brasil, nem que isso signifique a postergação do pleito.

Não haverá perda de tempo, mas sim, ganho de qualidade e representatividade!

Como entidades da área tecnológica, os conselhos regionais e federal, ao implementar essa mudança, demonstrarão sintonia com os novos tempos, que tem entre seus pontos fundamentais a transformação digital das práticas e processos.

E, por fim, ao optar por preservar a saúde de eleitores e funcionários, o Sistema Confea/Crea estará não apenas exercendo seu compromisso com a proteção da vida dos profissionais envolvidos com o pleito, mas também estará cumprindo com seu principal objetivo: zelar pela defesa da sociedade brasileira.

A soma de Democracia, Representatividade e Votação Virtual tem apenas um resultado – Sistema Confea/Crea forte!

Carlos Roberto Soares Mingione
Presidente Nacional